MAKE LIFE WORTH LIVING, PHOTOGRAPHY EXHIBITION

Today I don’t have beauty to show you, but I want call your attention to some subjects that are heart breaking.  Sometimes, I reflect abou...

Today I don’t have beauty to show you, but I want call your attention to some subjects that are heart breaking. Sometimes, I reflect about my childhood and how I used to complaint so much… And then I realise how ungrateful I was and I still am. I bet you feel just like me during those times. We always complain about something we could have had better, when we should just be doing better 

Above you will find some images and respective legend taken from an MailOnline’s article by Stephanie Linning and Steph Cockroft. These pictures were taken as part of a charity campaign for Shelter “to bring to light the plight of nation’s most deprived”.
The photographs were only exhibited for the first time in 2014 and reveal life in British slums during 1960-1970. The Exhibition is called Make Life Worth Living and the title was inspired in the picture below.
  

Hoje, não tenho beleza para vos mostrar, quero antes chamar-vos à atenção para um outro assunto, que parte corações. Às vezes reflicto sobre a minha infância e como costumava resmungar tanto… E então, apercebo-me o quão ingrata era ao fazer isso. Aposto que se sentem como eu, durante estas reflexões. Queixamo-nos sempre sobre algo que podíamos ter melhor, quando devíamos era estar a fazer melhor! 
Abaixo encontram-se algumas imagens e respectivas legendas, retiradas de um artigo do MailOnline  por StephanieLinning e Steph Cockroft. Estas fotografias foram tiradas em virtude de uma campanha de caridade com o objectivo de trazer “à tona” a situação dos mais desfavorecidos, da nação. As fotografias foram apenas exibidas pela primeira vez, em 2014 e revelam a vida nas favelas britânicas durante o período de 1960-1970. A exposição está intitulada por “tornar a vida digna de se viver” e o seu nome foi inspirado na fotografia seguidamente apresentada. 
Grim: Three boys play with guns along cobbled streets between rows of back-to-back terraced houses in Leeds, West Yorkshire, in July 1970. The title of the exhibition - Make Life Worth Living - apparently takes inspiration from the Beechams Pills advertisement painted on the brick wall.

Ameaçador: Três meninos brincam com armas por entre as ruas de calçada e filas de casas coladas, em Leeds, West Yorkshire, em Julho de 1970. O título da exposição, pintado numa parede de tijolo - Fazer a vida digna de se viver - aparentemente traz alguma inpiração, retirada da publicidade da Beechams Pills.




Just another day: Dressed in grubby clothes, a young girl poses for a photo in the East End of London in 1969, among the piles of discarded rubbish and trodden newspapers which surround the basement flat in which she lived.

Um dia como outro: Vestida com as suas roupas sujas, a pequena menina pousa para a fotos, em East End de Londres, por entre os montes de lixo por ali discartado e jornais pisados, que rodeiam o porão do apartamento onde ela vive.




Bleak: A young girl stands in front of a row of terraced houses in Manchester's Moss Side. During the 1960s and early 1970s, Manchester City Council demolished many of the Victorian and Edwardian terraced houses to the west of Moss Side and replaced these with new residential properties.

Desabrigada: Uma menina pequena permanece à frente de uma fila de casas coladas com terraço, em Moss Side, Manchester. Durante os anos 1960 e no início dos anos 1970's, a câmara da cidade mandou demolir as casas Vitorianas e Eduardianas da zona oeste de Moss Side, substituindo-as por novas propriedades residenciais.  




Infested: Mr and Mrs Gallagher lived with their four children in a ground floor tenement flat in Maryhill, Glasgow. Their bedroom was covered in pools of rainwater and at night they sleep with the light on to keep the rats away - one night they counted 16 rats in the room. Above, Mr Gallagher with one of his children in January 1970.

Infestados: O Sr. e a Srª. Gallagher vivem com as suas quatro crianças no rés-do-chão, de uma habitação  em Maryhill, Glasgow. O seu quarto está coberto com poças de água da chuva e à noite têm que dormir de luzes acesas, para manter os ratos afastados. Uma noite conseguiram contar 16 ratos no quarto. Acima, O Sr.  Gallagher e uma das suas filhas, em Janeiro de 1970.




Cramped: Three generations of this Irish family, pictured in November 1969, lived together in a single basement room in a multi-let house in Toxteth, Liverpool. The nine family members pose beneath their washing that is strung up on a makeshift washing line as a fire heats the room.

Estreito: Três gerações desta família irlandesa, captadas em Novembro de 1969, vivem  juntas no porão de um casa em Toxteth, Liverpool. A família de nove membros pousa para a foto, por debaixo de uma linha com roupa estendida, enquanto a lareira acesa aquele a divisão.




I had this post ready for some time, the only thing that didn't allow me to post it before, was because I tried to contact some portuguese institutions that work in the Poverty Combat and none of them did answer me. Looking at this pictures and to reality today we can make serious comparisions and approaches. And to be honest, the fact that is possible to make approaches between this past and our present, is not positive at all. 
Are we receding in time? Are we too busy with our life that we don't have a second to help or ask to be helped? Are we too foolish that we don't accept any type of help?

Já tinha este post pronto há algum tempo, a única coisa que me impediu de o publicar foi que, tentei entrar em contacto com algumas instituições portuguesas que trabalham no Combate à Pobreza e nenhuma me respondeu. Olhando para estas imagens e para a realidade dos dias de hoje, podemos fazer sérias comparações e aproximações. E para ser honesta, o facto de ser possível fazer aproximações não é de todo positivo. 
Estaremos a retroceder no tempo? Estaremos demasiado ocupados, que nem um segundo do nosso dia dispendemos para ajudar ou ser ajudados? Seremos demasiado tolos para não ajudar ajuda de qualquer tipo?



Kisses,
Em

You Might Also Like

1 comments

  1. I think many of us tend to shy away from the unpleasantness that is captured in these photos, because it makes us feel uncomfortable, and reminds us that we should do something. Thank you for sharing this.

    ReplyDelete

PLAYING

UA-88256336-1